Criptojacking apontado como a maior ameaça em cibersegurança

0
54

Malware de mineração de criptomoedas lidera as quatro primeiras posições do ranking de maiores ameaças no mês de Dezembro. No topo da lista pelo 13º mês consecutivo e já com um impacto de 12% em todas as organizações mundialmente esta Coinhive.

No passado dia 14 de Janeiro a empresa de cibersegurança Check Point® Software Technologies Ltd publicou a lista de Malware mais procurado, no top 10 metade são ocupadas por malware relacionado com a mineração de criptomoedas.

Lista de Malware mais procurado – Dezembro 2018 – CheckPoint Software Tecnologies LTD

Criptojacking é o ato de usar o poder de processamento de um computador sem o consentimento do dono para minerar criptomoedas. Este tipo de malware muitas das vezes entra nos seus computadores e dispositivos através de adware, jogos hackeados e conteúdo pirateado.

Segundo várias empresas no ramo da cibersegurança esta prática tem vindo a aumentar durante o ano de 2018. Novembro Passado Kaspersky Labs publicou o seu relatório indicando um pequeno boom de Fevereiro a Maio, com um pequeno decréscimo na actividade durante o resto do ano, no entanto afirmam que a ameaça continua bem presente. Também MacFee Labs lançou em Dezembro um alerta para um crescimento de 72% de novo tipo de malware infectando dispositivos Iot (internet of things) e um novo tipo de malware o qual funciona praticamente sem deixar rasto desenvolvido por hackers Russos denominado de “WebCobra”.

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here