O tão aclamado fundo de investimento anunciado na websummit de 2016 pelo Governo, finalmente vai estar ao dispôr da PME investimentos (empresa que facilita o crédito das pequenas e médias empresas) garante assim a Secretária de Estado da Indústria Ana Teresa Lehmann ao jornal Expresso. O fundo de investimento de 200€ Milhões será para suportar custos de fases avançadas de uma nova empresa, segundo Ana Lehman a PME investimentos terá a obrigação de controlar e gerir o fundo de investimento que tem uma data limite até o ano 2020.

Grande parte destas verbas destinam-se para suportar a chamada zona livre Tecnológica, que visa ajudar e fomentar a criação de empresas fintech, cybersegurança e projectos usando a blockchain em território Nacional.

A Sr. Secretária de Estado da Indústria Ana Teresa Lehmann contou ao Expresso o seguinte:

“Já foram realizadas duas reuniões e estamos a tratar de finalizar um documento estratégico. Numa primeira fase reunimos com startups e agora estamos a tratar dos temas regulatórios. Mas já temos ideias muito estratégicas de como vamos avançar”

Depois de Inglaterra e Austrália mostrarem extremo interesse neste novo sector financeiro, agora foi a vez de Portugal mostrar a vontade de lutar por um lugar na frente da tecnologia financeira.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here