Quando Bitcoin foi criado não tinha programado no seu protocolo algo que permitisse escalar a rede a um nível mundial com a capacidade de igualar o mais rápido sistema actual que é Visa, que pode atingir cerca de 5000 transacções por segundo. Foi em Novembro de 2015 que Joseph Poon e Thaddeus Dryja mostraram à comunidade uma proposta para terminar com esse problema, The Bitcoin Lightning Network,
podem observar aqui a proposta.

Qual o problema?

À medida que aumenta a adopção global deste sistema de pagamento de pessoa para pessoa e o volume de transacções tambem aumenta , apareceu o problema de como escalar este sistema de pagamento para algo que fizesse milhões de transacções diárias porque actualmente a rede congestiona devido a um influxo de pedidos. Vejamos o seguinte exemplo, imaginem mais de vinte filas enormes cheias de pessoas 
loucas para entrar no Rock in Rio através de apenas uma porta, a qual só tem 1 pica bilhetes, demasiada gente para só um pica bilhetes não é? loool, é mais ou menos isto que acontece agora actualmente na rede de bitcoinela esta congestionada.

 

 

Serviços existentes e comparação entre eles

  • Visa – É rápido, muito rápido, podem ser atingidos 160 milhões de transacções diárias o que seria mais ou menos 1600 tps(transacçoes por segundo)
  • PayPal – Apresenta registo de 193 tps mas pode atingir mais caso necessário, existem registos de 450 tps.
  • Bitcoin – foi a primeira criptomoeda a aparecer no mercado, ela é lenta, alem do mais é a mais lenta de todas atingindo apenas de 4 a 7 transacções por segundo.
  • Ethereum – Ethereum pertence a uma geração de criptomoedas muito mais recente que a mãe Bitcoin, no entanto ainda esta a muitos meses de igualar algo como paypal ou mesmo Visa. Vitalik co-founder da plataforma ethereum por diversas vezes anunciou no seu twitter…”para que Ethereum iguale visa em número de transacções por segundo ainda teria de existir uns quanto anos mais de investigação
    e implementação”.

Mas afinal o que é a Lightning Network?

 

Lightning Network é um protocolo que seria implementado em cima do software de bitcoin o qual permitiria abrir micro canais de pagamento fora da rede, usando esses canais de micro pagamentos a rede de Bitcoin poderia talvez escalar até biliões de transacções por segundo consoante o “White paper” .

Excerto sobre protocolo

“O protocolo bitcoin pode abranger a transação financeira global
volume em todos os sistemas de pagamento eletrônico hoje, sem
terceiro custodiante que detenha fundos ou exija que os participantes tenham
nada mais do que um computador usando uma conexão de banda larga. UMA
sistema descentralizado é proposto por meio do qual as transações são enviadas
uma rede de canais de micropagamento (canais de pagamento ou
canais de transação) cuja transferência de valor ocorre off-blockchain.
Se as transações do Bitcoin puderem ser assinadas com um novo tipo sighash
endereços de maleabilidade, essas transferências podem ocorrer entre
partes ao longo da rota de transferência por contratos que, em caso de falta de
ou participantes hostis, são executáveis ​​via transmissão
o blockchain bitcoin no caso de participantes não cooperantes ou hostis,
através de uma série de timelocks decrementantes.”

Mas nem tudo são caracóis, as criptomoedas de 3ª e 4ª geração apresentam procolos mais robustos quando se fala em número de transacções por segundo, como
é o caso das moedas digitais Ripple, Nem e Nano que apresentam respectivamente 1500, 4500 e 7000 tps (transacções por segundo nas suas redes).
Com o actual progresso em torno de desenvolvimento destas tecnologias não tardará a resolvermos este assunto muito antes do esperado, pode testar já a “Lightning Network”
neste momento, certifique-se apenas para transferir micro pagamentos visto que é apenas uma rede de testes e erros podem ocorrer.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here